O sistema dívida pública e a economia do endividamento

Henrique Kiyoshi Ishihara, Vanessa Micheli Canei

Resumo


Em 2015, os dados do Balanço Preliminar das Economias da América Latina e do Caribe da CEPAL mostram que a dívida pública consumiu em média cerca de 34,3% do PIB dos países latino americanos, tal aplicação entra em confronto com investimentos sociais como Saúde, Educação e Previdência Social, fazendo com que aumente os índice de desigualdade. A solução proposta para economias em crise, muitas vezes propostas por teóricos neoliberais, é de fazer cortes em investimentos sociais ao invés de uma auditoria da dívida pública. A fim de analisar a problemática em torno da dívida pública e a economia do endividamento, este presente artigo será estruturado em cinco capítulos. A partir do proposto, conclui-se que é preciso urgentemente superar o sistema produtivo atual, onde massacra os países latino americanos através da economia do endividamento, portanto tem-se que ter mobilização e orgânica participação dos povos latino americanos frente a tais retrocessos

Palavras-chave


Economia do endividamento; Dívida pública na América Latina; Dívida pública brasileira

Texto completo:

PDF

Referências


AUDITORIA CIDADÃ DA DÍVIDA. Esquema fraudulento. Disponível em: . Acesso em: 06 dez 2016.

BOCCHINI, Bruno. Brasil tem mais mortes violentas do que a Síria em guerra, mostra anuário. Agência Brasil, 2016. Disponível em: . Acesso em: 13 dez 2016.

BORON, Atilio A. America latina en la geopolitica del imperialismo. Buenos Aires: Luxemburg, 2013.

BRAGA, J. C. de S. Financeirização global: o padrão sistêmico de riqueza no capitalismo contemporâneo. In: TAVARES, M. da C.; FIORI, J. L. (Org.). Poder e dinheiro: uma economia política da globalização. Petrópolis: Vozes, 1997, p. 195-242.

CHESNAIS, F. A mundialização do capital. São Paulo: Xamã, 1996. Cap. 10: O movimento próprio da mundialização financeira (p. 237-271).

COMISSÃO PARA A AUDITORIA INTEGRAL DA DÍVIDA PÚBLICA EQUATORIANA – CAIC. Subcomissão de Dívida Comercial da CAIC. Disponível em: ttp://www.auditoriadeuda.org.ec/images/stories/documentos/informe_final_CAIC.pdf. Acesso em: 12 dez 2016.

FATTORELLI, Maria Lúcia. A Dívida Pública por Maria Lucia Fattorelli:

lançamento do N-SP. USP. São Paulo, 2013. Disponível em:. Acesso em: 13 dez 2016.

FATTORELLI, Maria Lúcia. Explicação sobre o gráfico do orçamento elaborado pela auditoria cidadã da dívida. Disponível em:

. Acesso em: 06 dez 2016.

FATTORELLI, Maria Lúcia; ÁVILA, Rodrigo. Equador: Auditoria garante resultados positivos ao país. Disponível em: . Acesso em: 6

dez 2016.

FERREIRA. Alceu C. As Agências Multilaterais e a Política Econômica do Governo FHC. In: ALVIM, Valdir; FERREIRA, Alceu C. (Orgs.). A Trama da privatização: a reestruturação neoliberal do Estado. Florianópolis: Insular. 2001.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Rev. NECAT, ISSN 2317-8523, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.