Padrões de concentração da pauta exportadora de Santa Catarina, 1998-2012

Graciella Martignago, Fernanda Steiner Perin, Thomas Henrique Schreurs Pires

Resumo


A maior abertura comercial e a maior integração à economia internacional são identificadas como benefícios para o tecido industrial das regiões. O Brasil ainda é uma economia fechada com baixo grau de inserção internacional, e para a superação desta fragilidade, faz-se necessário analisar o desempenho dos produtos brasileiros e dos mercados envolvidos no comércio internacional. Com o objetivo de contribuir com esta temática, este estudo tem como objetivo analisar a concentração da pauta exportadora do estado de Santa Catarina, região de importância histórica para a inserção de produtos manufaturados no Brasil. Para tanto, foi coletado os dados referentes à pauta exportadora catarinense para o período de 1998 a 2012. A análise se baseou, em um primeiro momento, na observação dos valores dos bens exportados e dos países de destinos por subperíodos de cinco anos. Ademais, também foram realizados estudos estatísticos e econométricos que objetivavam averiguar a concentração das exportações catarinenses. Notou-se que as exportações catarinenses seguem uma distribuição em cauda longa, a qual indica que a maior parte do valor exportado está concentrada em um pequeno estrato de produtos. Constatou-se também que, ao longo dos subperíodos observados, ocorreu um aumento da concentração de produtos exportados pelo Estado e uma menor concentração dos mercados de destino. Estes revelam mudança significativa de participação, com maior relevância para os países asiáticos, enquanto a América do Sul, Estados Unidos e Europa perdem participação no total exportado pelo Estado. Os resultados corroboram os estudos que verificam a existência de concentração nas exportações de países e regiões, mas revela uma concentração menor do que a indicada por Easterly et al (2009) ou Magalhães e Toscano (2012).

Palavras-chave


pauta exportadora; concentração; Santa Catarina

Texto completo:

PDF

Referências


APEXBRASIL. Perfil Exportador do Estado de Santa Catarina 2010. Brasília: ApexBrasil, 2011.

BARBORA, A.; MORAIS, I.; BARCELLOS NETO, P. Desigualdade e concentração na pauta de exportações dos estados brasileiros. Análise. Porto Alegre, v. 16, n. 1, p. 5-27, jan./jul. 2005.

BAUMANN, R.; ARAUJO, R.; FERREIRA, J. As relações comerciais do Brasil com os demais BRICs. Comissão Econômica para a América Latina e Caribe – CEPAL. Brasil, 2010.

BRASIL. INSITITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA. Sistema IPEAData. Disponível no . Acessado em fev. 2013.

______. MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR. Sistema Aliceweb. Disponível no . Acessado em jan. 2013.

FONSECA, R. Diversificação regional das exportações brasileiras: um estudo prospectivo. Disponível no

. Acessado em fev. 2013.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Sistema de Contas Regionais. Disponível no

http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/economia/contasregionais/2010/default.shtm>. Acessado em mar. 2013.

MAGALHÃES, M.; TOSCANO, V. Distribuições em cauda longa e comércio internacional: uma investigação empírica de padrões de concentração na pauta de exportações do Espírito Santo, 1996-2010. Ensaios FEE. Porto Alegre, v. 33, n. 2, p. 571-602, nov. 2012.

MIKIC, M.; GILBERT, J. Trade statistics in policymaking: a handbook of commonly used indices and indicators. New York: United Nations Publication, 2007.

PICCININI, M. ; PUGA, F.; A balança comercial brasileira: desempenho no período 1997/2000. Texto para discussão n. 90. Rio de Janeiro: BNDES, set. 2001.

PEREIRA, L. “Primarização” e exportações de manufaturas. Conjuntura Econômica. Rio de Janeiro, v.64, n.11, p.54-57, nov. 2010.

PEREIRA, L.; MACIEL, D. O comércio exterior do estado do Espírito Santo. In: VESCOVI, A.; BONELLI, R. (Orgs.). Espírito Santo: instituições, desenvolvimento e inclusão social. Vitória: IJSN, p.95-137, 2010.

PUGA, F. Balança comercial brasileira: muito além das commodities. Visão do Desenvolvimento, Rio de Janeiro: BNDES, n.54, set. 2008.

SILVA, M.; ROSADO, P.; BRAGA, M.; CAMPOS, A. Oferta de exportação de carne de frango do Brasil, de 1992 a 2007. Reviste de Economia e Sociologia Rural. Brasília, v.49, n.1, p. 31-53, 2011.

UNITED NATIONS CONFERENCE ON TRADE AND DEVELOPMENT – UNCTAD. Unctad Handbook of Statistics 2008. Genebra: United Nations, 2008.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Rev. NECAT, ISSN 2317-8523, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.