Fontes de dados demográficos e estudos de população em Santa Catarina

Luís Felipe Aires Magalhães

Resumo


As fontes de dados demográficos são importantes instrumentos para a pesquisa, análise e promoção de políticas públicas, contribuindo para o entendimento de nossa realidade social. O domínio destas fontes passa pelo entendimento, inicialmente, da natureza dos dados (se eles são dados de fluxo ou de estoque), e depois de sua disponibilidade, regularidade, cobertura territorial e problemas de enumeração. Neste artigo, analisaremos detidamente quatro fontes de dados demográficos: o Censo Demográfico, o Registro Civil, a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD) e a Pesquisa de Orçamento Familias (POF), expondo, de um lado, as possibilidades de levantamento de alguns dados e avaliando, de outro lado, suas vantagens, desvantagens e, especialmente, sua cobertura territorial no Estado de Santa Catarina. Como veremos, importantes fontes de dados (PNAD e POF) possuem escassa cobertura territorial em Santa Catarina, prejudicando importantes análises e políticas públicas no Estado. O artigo pretende, com isto, contribuir à formação de uma agenda de pesquisa demográfica no Estado.

 

Palavras-chave


Brasil; Dados Demográficos; Fontes Oficiais

Texto completo:

PDF

Referências


FIBGE, Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo Demográfico 2000 e 2010. Disponível em: http://www.sidra.ibge.gov.br/cd/cd2010RgaAdAgsn.asp. Acesso em: maio de 2015.

FIBGE, Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Estatísticas de Registro Civil. Disponível em: http://www.sidra.ibge.gov.br/bda/acervo/acervo9.aspe=c&p=RC&z=t&o=27. Acesso em: maio de 2015.

Ministério da Saúde, DATASUS. Estatísticas Vitais. Disponível em:

http://www2.datasus.gov.br/DATASUS/index.php?area=02. Acesso em: maio de 2015.

PINTO, Álvaro Vieira. El Pensamiento Critico em Demografia. Santiago do Chile: Celade, 1973

Ralph Hakkert, Fontes de Dados demográficos. Belo Horizonte, Textos Didáticos – ABEP 1996. Disponível em:

Ricardo Ojima. 2007. Fontes de Dados Demográficos - Conceitos fundamentais e formas de acesso.

Silvana Amaral, Miguel Monteiro, Flávia Feitosa. 2013. Parte II – Fonte de Dados: Fonte de Dados Demográficos e Socioeconômicos.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Rev. NECAT, ISSN 2317-8523, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.